sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

LIDER HINDU BRASILEIRO AFIRMA QUE A ESPIRITUALIDADE PURA PODE SER FUNDAMENTAL PARA AMPLIAR A ECOLOGIA EM NOSSA VIDA E PARA PRESERVAR A ÁGUA OU TODOS OS RECURSOS DA NATUREZA


Debate sobre as águas traz líder espiritual Sri Prem Baba à Brasília e este evento é preparatório para o 8º Fórum Mundial da Água agendado para março e que terá participantes de cerca de 100 países, além de pesquisadores, ecologistas e artistas


O enfoque místico da águas e da ecologia por Sri Prem Baba surpreendeu



Nos bastidores ontem, Sri Prem Baba chegou a ser questionado por alguns estudantes, que não percebem a ligação entre as energias mais sutis e espirituais da vida com a luta pela preservação dos recursos naturais e hídricos: "A ligação é total, a espiritualidade pura faz parte da ecologia, pode anos ajudar a equilibrar o meio ambiente e cada pessoa", falou o líder espiritual, autor de best sellers, afirmou aos céticos e críticos que "a natureza tem dado seu recado usando a água como mensageira, às vezes de forma violenta, citando como exemplo as secas, tempestades, alagamentos, tsunamis ou incêndios florestais e alagamentos como vêm ocorrendo em todo o planeta. A palestra, apesar desta polêmica, foi levada num clima tranquilo. As inscrições pro Fórum Mundial já estão encerradas e os debates ontem e hoje são gratuitos, servindo para divulgar o evento e levantar na mídia os principais conteúdos sobre a preservação ou recuperação dos recursos hídricos, que o mestre religioso considerou como essenciais tanto para a ciência como para a espiritualidade pura (independente da crença, da religião ou da cultura de cada pessoa: "A energia espiritual pura é uma força capaz de mover o ser humano em busca do futuro duma forma mais equilibrada, ela é sutil mas influi em toda a nossa vida". Foi desta forma que Sri Prem Baba definiu o desenvolvimento sustentável para pesquisadores, políticos, empresários, ecologistas e jovens presentes na discussão sobre Águas para a Paz.


Sri Prem Baba surpreendeu aos que pensam apenas em soluções técnicas


Pela mobilização de diferentes setores, este debate serve mesmo como preparação  e anuncia o 8º Fórum Mundial da Água que acontecerá em março na capital federal do Brasil: "Este país é um dos mais ricos em água mas também um dos mais pobres em políticas públicas para todo e qualquer recurso da natureza", comentou o estudante de Biologia José Armando (da UNMG). Ele recebeu como resposta que "a água tem sido também a nossa maior aliada para uma evolução e superação dos problemas em todos os países, ela representa nossos sentimentos mais profundos. A falta dela é justamente a negação desses sentimentos. Mas, no mais profundo, esse desequilíbrio é um sintoma do esquecimento ou da omissão da nossa espiritualidade pura". As ideias e práticas deste mestre hindu que é prestigiado na Índia e em vários países, mas nasceu num bairro da Grande São Paulo, enfocam a luta ambiental de forma original para nós do Brasil.

Para ele os desastres naturais são também um desequilíbrio humano




O encontro que continua nesta sexta feira terá seis macrotemas que envolvem discussões sobre água e ética, direitos humanos, sustentabilidade, educação, inovação e paz na realidade dos recursos hídricos em todo o mundo: "A ideia é que  com mais informações e uma ligação maior no lado superior ou divino do ser humano possamos então desenvolver projetos mais avançados de saneamento, buscando soluções de fato para a escassez da água e questões como a proteção das nascentes dos rios”, explicou Sri Prem Baba, para quem "este conteúdo urgente não se resolve somente com tecnologia e com política". As inovações nos enfoques nas questões ecológicas soaram um pouco estranhas para a mídia e os jovens, mais interessados em alternativas técnicas. Porém, para muitos ambientalistas a mensagem deste mestre espiritual pode ser motivadora para mudar e avançar a situação.



Sri Prem Baba vê secas ou inundações como "mensagens da natureza"


Confira na seção de comentários aqui no blog da gente mais informações sobre Prem Baba e sobre o Fórum Mundial da Água, agendado para daqui dois meses em Brasília e no Brasil)



Ele citou até a neve no Deserto de Saara como desequilíbrio da ecologia humana

Sri Baba tenta resgatar os seus sentimentos puros de menino



Fontes: G1 - Correio Braziliense - Águas pela Paz

             folhaverdenews.blogspot.com 

7 comentários:

  1. "Ele não chega a ser uma celebridade entre seus conterrâneos, mas é um paulistano de raiz entre os líderes religiosos mais carismáticos do mundo. Se você apostou em um cardeal católico, um pastor evangélico ou mesmo em um pai de santo, errou feio. O autor da façanha é Sri Prem Baba, um psicólogo que se tornou mestre de hinduísmo em um centro espiritual no interior da Índia. Por lá, milhares de seguidores ouvem seus ensinamentos sobre compaixão e entoam cânticos no idioma sânscrito. Prestes a completar 60 anos, o guru consegue liderar artistas e gente famosa como Reynaldo Gianaecchini e Bruna Lombardi. Sua visão de ecologia humana começou quando ainda era um garoto no bairro da Aclimação em São Paulo. Sim, um líder hindu mas paulistano": comentário de Juassara Soares, da revista e site da Veja e da Abril.

    ResponderExcluir
  2. Por enquanto, Sri Baba foi a palestra mais mobilizadora para preparar debates e estudos do Fórum Mundial da Água. O Distrito Federal será sede, em março, do 8º fórum internacional. O evento, que acontece a cada três anos, é considerado um dos mais importantes do mundo e já passou por Daegu, na Coreia do Sul (2015); Marselha, na França (2012); Istambul, na Turquia (2009); Cidade do México, no México (2006); Kyoto, no Japão (2003); Haia, na Holanda (2000); e Marrakesh, no Marrocos (1997). Criado em 1996 pelo Conselho Mundial da Água, o fórum foi idealizado para estabelecer compromissos políticos acerca dos recursos hídricos e será a primeira vez que ocorre no Brasil. O GDF espera reunir cerca de 40 mil pessoas de mais de cem países nos dois locais reservados para o encontro: o Centro de Convenções Ulysses Guimarães e o Estádio Nacional Mané Garrincha.


    ResponderExcluir
  3. A história de Sri Prem Baba, guru com milhares de seguidores na Índia e no mundo começou em São Paulo. O mestre espirutal paulistano tem discípulos famosos como Reynaldo Gianecchini, Márcio Garcia e Bruna Lombardi Nosso editor de conteúdo deste blog o conheceu quando ele ainda não era famoso e reconhecido no restaurante vegetariano que ambos frequentavam na Rua Pamplona na Avenida Paulista. "Uma pessoa do bem", diz sobre ele Padinha.




    ResponderExcluir
  4. Sri Prem Baba ministra palestras gratuitas nos mais variados lugares do Brasil e do planeta, com a proposta básica de "busca da verdade". Ele é também tema do documentário "Isso Existe", do americano David Hanrahan, que narra sua trajetória desde a infância. Prem Baba nasceu em uma família de classe média baixa da Aclimação, Janderson de Oliveira lutou tae kwon do na infância, na adolescência e sonhava seguir os passos do ator e mestre de artes marciais Bruce Lee. “Tentava tirar fotos representando golpes, como ele”.

    ResponderExcluir
  5. "Com o objetivo de ganhar mais elasticidade nas pernas, começou a praticar ioga. A partir daí, conheceu a meditação e interessou- se por terapias alternativas. Sua formação é um arco-íris de esoterismo e espiritualidade. Cursou faculdade de psicologia no Centro Universitário Paulistano, na Vila Mariana, e atuou como massoterapeuta, instrutor de ioga, acupunturista e xamã. No campo religioso, é ainda mais eclético: foi católico, evangélico, kardecista e budista, antes de tudo ele tenta vivenciar o lado espiritual da vida": comentário da jornalista Juliana Soares, na Veja.



    ResponderExcluir
  6. "Em 1999, resolveu ir à Índia durante a lua de mel com a professora de educação física e bailarina Mara Regina Caccia. Em Rishikesh, cidade de peregrinação para praticantes de ioga, conheceu o guru Sri Hans Raj Maharaj ji, que se tornou seu mestre. Após três anos de aprendizado, ganhou o título de Sri Prem Baba, que significa “auspicioso” (sri), “amor divino” (prem) e “homem santo” (baba). Ao longo da década seguinte, passaria períodos de até cinco meses por ano ao lado de Maharaj, conquistando sua simpatia e confiança. Com a morte do líder, em 2011, tornou-se o primeiro brasileiro a comandar um Ashram (espécie de monastério), comunidade mística na Índia, mesmo sem falar hindi ou inglês": comentário de Samuel Santos, que foi seu amigo nos tempos da prática de Yoga, ainda em São Paulo.

    ResponderExcluir
  7. "A grande virada para a fama deste mestre hindu brasileiro ocorreu em 2013, quando organizou o festival de música Love & Peace Rocks, no parque aquático Beach Park, em Fortaleza, no Ceará. O evento serviria para ele apresentar o projeto Awaken Love, cuja proposta é traduzir os ensinamentos de sua linha espiritual ao público leigo. Entre as atrações estavam Toquinho e Gilberto Gil. Cerca de 2 000 pessoas passaram pelo local, entre elas famosos como a jornalista Glória Maria, o ator Márcio Garcia e as atrizes Juliana Paes, Letícia Sabatella e Marina Ruy Barbosa. Esses e outros artistas foram os principais responsáveis por difundir suas ideias: “Ele não faz milagres, mas ajuda a lidar com questões da mente ligadas ao ego”: comentário do ator Reynaldo Gianecchini, que diz ter sido este místico fundamental para a sua recuperação de saúde.

    ResponderExcluir

Translation

translation