sábado, 29 de setembro de 2018

ELE NÃO: ESTAMOS NA ERA DAS MULHERES E NO BRASIL NÃO É HORA DA VIOLÊNCIA E SIM DA INTELIGÊNCIA PARA BUSCAR UMA NOVA REALIDADE

Nós do movimento ecológico, científico, da cidadania e da não violência abrimos este nosso blog para apoiar o protesto Ele Não rolando por aqui e em todo o país (e para não ficar somente no protesto Ela Sim)



Grande mídia esconderá as manifestações?


Ele Não teve multidão nos protestos em grandes cidades


Ele Não: maioria de jovens nas manifestações


"As mulheres representam em média em todas as regiões brasileiras 52% do eleitorado sendo o índice de rejeição ao candidato a Presidente pelo PSL é de 50% entre todas as mulheres, segundo levantou o Ibope e o CNI também, ou seja, esta luta feminista pode levar à a derrota de um ativista da violência e por outro lado até surpreender e levar à vitória a presidenciável que representa o nosso movimento", explica o ecologista Antônio de Pádua Silva Padinha, editor do Folha Verde News, se referindo é claro à Marina Silva (Rede/PV). Ele faz questão hoje de transformar nesta edição especial e fora da rotina este webespaço em uma manifestação contra ele e a favor dela. A gente se manifesta com liberdade nessa hora, não vamos nos omitir ou ficar em silêncio, o nosso blog não se destina a fazer discurso eleitoral e assim, por decisão editorial, não vamos falar mais nada, a não ser registrar aqui imagens desta luta. As imagens falam mais que as palavras mais uma vez. Esta não é uma causa somente das mulheres (maioria da população que ainda  deixará de ser a minoria política que ainda é atualmente), esta é uma luta sim de todo homem, pelo menos dos homens que tentam ser humano ou não são machistas, para deixar mais claro. Nosso blog em 7 anos na web está chegando a quase 800 mil visualizações e sempre postando informações, vídeos, dados e comentários denunciando agressões à natureza, divulgando pesquisas de cientistas, propostas das lideranças de cidadania e sempre  com atualização diária de postagens a favor em resumo do desenvolvimento sustentável, que é capaz de equilibrar os interesses econômicos com os ecológicos, reequilibrando assim o país: recuperando o meio ambiente, fator que é essencial para o Brasil se desenvolver, estaremos também fortalecendo todos os setores da nação, que precisa urgente mudar e avançar, através da inovação, das energias limpas, da não violência e da paz. Esta é enfim e em suma a nossa manifestação, aqui, agora. A seguir, as imagens que falam por todos nós. 






 Em centenas de cidades houve protestos Ele Não















Movimento de massa das mulheres cria 3ª via nas eleições do dia 7 (nem Bolsonaro nem a volta do PT...)




Fontes: jb.com.br - redebrasilatual.com.br - BBC
              folhaverdenews.blogspot.com

12 comentários:

  1. Logo mais, estaremos editando esta seção, coloque aqui você também a sua informação, opinião ou comentário, se preferir ou precisar, envie sua mensagem pro e-mail da redação do nosso blog que postamos p/vc: navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  2. Vídeos, fotos, material de informação, sugestão de pauta, seja qual for o conteúdo com que queira participar de nosso blog, mande pro e-mail do nosso editor padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Mais tarde estaremos divulgando por aqui, a partir das 14h, informações sobre o movimento Ele Não, agendado para a cidade, a região e para todo o país. Aguarde. E venha conferir.

    ResponderExcluir
  4. "Vi agora uma chamada desta postagem no Facebook e então eu também estou dizendo Ele Não. Sou homem mas não sou idiota": comentário de Lúcio Alves de Sousa, de Ribeirão Preto, estudante da USP.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. A gente agradece, mandamos a foto da nossa adesão ao protesto Ele Não e vocês aí já postaram na página. Nosso movimento é evangélico e queremos lutar pela paz no Brasil": comentário de Maria Cristina Pereira, de Natal, Rio Grande do Norte, que nos mandou imagem (postada entre as fotos aqui no blog hoje) com a mensagem Orar, Agir, Lutar e Resistir. Vamos todos juntos.

    ResponderExcluir
  7. "Realmente, parte da grande mídia tentou esconder os protestos, a TV Bandeirantes, que tinha um telejornal muito respeitado no seu jornalismo, parece estar sob domínio ruralista, dá destaque só para Bolsonaro e Alckminn": comentário de Hermínia Porto, jornalista, que atua na região de São José dos Campos como editora de site de notícias.

    ResponderExcluir
  8. "Foi expressiva a manifestação porque envolveu pessoas de todos os setores e classes sociais, de todas as regiões do país, até do exterior, tanto celebridades como gente do povo, enfim, o rescaldo do Ele Não poderá ser uma influência positiva nas eleições, apesar da evidente parcialidade de grande parte dos meios de comunicação": comentário de Jarbas Gonçalves, do Rio de Janeiro, que nos mandou comentário por e-mail direto da Candelária onde relatou: "Acredito que tem umas 100 mil pessoas aqui, de todo o tipo, isso mostra uma tendência da população".

    ResponderExcluir
  9. "Não adiante esconder o sol com a peneira e nós vamos mudar a realidade brasileira": entoavam como uma torcida de futebol alguns jovens vestidos com camisas verdes, um grupo meio heterogêneo, formado por integrantes do PV e da Rede, favoráveis à Marina Silva, com jovens escolares com cartazes caseiros em cartolina, fiquei bastante emocionada nesse protesto. E meu grito foi Ela Sim, alguns me xingaram mas outros me apoiavam": comentário de Elizabeth Oliveira, que é executiva de empresa de turismo em São Paulo, que à noite nos enviou mensagem sobre como foi o protesto no Largo da Batata: "Vejo que foi tipo o movimento de cidadania dos jovens contra o custo das passagens de ônibus anos atrás".

    ResponderExcluir
  10. "Não são só os ecologistas, até Fernando Henrique Cardoso está destacando a força de cidadania do protesto Ele Não.
    Ele diz que os atos convocados por mulheres em protesto contra Jair Bolsonaro (PSL) evidenciam a cegueira dos partidos políticos: “Há um novo Brasil, que os partidos não vêm. A manifestação das mulheres no Largo da Batata passou longe deles”, disse no Twitter neste domingo": comentário de Juca Santos, produtor cultural em SP, que ainda coloque que
    “As ‘redes’ convocaram e o povo afluiu. Quando despertarão? Sem o encontro do movimento das pessoas com as organizações políticas continuaremos com o país sem rumo".

    ResponderExcluir
  11. "Marina Silva foi recebida com calor e carinho na sua caminhada na manhã de domingo pela Avenida Paulista pelo povão.A mídia tem escondido o que ela faz, talvez não mostrem. No Day After do Ele Não, ela provou que ela é a cara, Ela Sim": comentário de Mônica Moreira, que estuda em Portugal e estava no local por causa dum encontro do pessoal do Cordel, que recebeu Marina calorosamente: "Ela respondeu à altura e ao invés de fazer discurso, declamou uma poesia de Alceu Valença".

    ResponderExcluir
  12. A BBC fez matéria analisando em detalhes os protestos Ele Não, considerados os maiores do movimento das mulheres em toda a história do país. Em termos eleitorais, mesmo sendo minoria política hoje, as mulheres são a maioria dos eleitores e entre elas (com adesão de muitos homens) a maior parte, jovens. Isso poderá significar uma surpresa nos resultados da eleição. Assim como muitas e muitos neste Ele Não que rejeitam Bolsonaro, não aceitam o PT, surge então a 3ª via, caminho aberto para Marina Silva (Ela Sim) ou Alckminn e Ciro, que passam a entrar na parada...

    ResponderExcluir

Translation

translation