segunda-feira, 29 de outubro de 2018

JÁ ESTÁ RODANDO O PRIMEIRO TREM A HIDROGÊNIO DO MUNDO: ELE É ECOLÓGICO, ECONÔMICO, SILENCIOSO, SUSTENTÁVEL

Movido a hidrogênio o trem do futuro já está começando a operar agora na Alemanha enquanto na Holanda ainda neste ano todos os trens de lá serão movimentados por energia eólica: esta é um tipo de notícia que precisa ser lida, estudada e assimilada no Brasil com urgência




O trem do futuro já está rodando na Alemanha




Através do link internacional Conexão Planeta, o site do Instituto de Engenharia tem esta informação como manchete e ela realmente precisa ser debatida entre nós onde cada vez é mais fundamental uma nova estrutura de energia: só vapor e água condensada são liberados no ar pelo Coradia iLint. Este é o nome do trem de passageiros, que começou a funcionar nesta semana, na região da Baixa Saxônia, no noroeste da Alemanha. Ele é o primeiro veículo sobre trilhos do mundo movido a hidrogênio. A tecnologia, desenvolvida pela empresa francesa Akstom garante a emissão zero de poluentes na atmosfera, ou seja, não há produção de CO2, o gás carbônico, um dos principais responsáveis pelo aquecimento global, sendo também a poluição do ar oriunda dos escapamentos responsável por mortes, doenças e problemas de saúde pública, além do desequilíbrio da ecologia. Uma detalhe a mais é que a nova tecnologia permite ainda que o trem seja extremamente silencioso, ou seja, evita também a poluição sonora. Enfim, um grande avanço desde já ao futuro da vida. Esta informação nos chega agora com uma outra que vem da Holanda: neste país, já a partir deste ano, todos os trens agora serão movidos somente com energia eólica. No Brasil, continua a submissão ao petróleo...



Por aqui no Brasil continuam os veículos poluentes

De volta ao futuro trem ecológico, econômico, silencioso



Durante meses o Hydrail (como também está sendo chamado o Coradia iLint) passou por um período de testes nas linhas de Buxtehude-Bremervörde-Bremerhaven-Cuxhaven. Os dois vagões percorrem um trecho de 100 km, antes feito por um trem movido a diesel, e atingem uma velocidade de 140 km/h. Os vagões são abastecidos em uma estação móvel de hidrogênio. Com um tanque, eles têm autonomia para viajar até 1.000 km. Toda energia produzida pelo sistema é armazenada em baterias de íon-lítio, inclusive o excedente. Pelo menos até 2021,  a Alstom entregará dezenas de outros vagões do trem ecológico: “Já estamos prontos para uma produção em série”, comentou o engenheiro Henri Poupart-Lafarge, CEO da empresa francesa, ganhando destaque em vários países. Segundo o site Sciense Alertos governos da Dinamarca, Noruega e Holanda já demonstraram interesse em fazer testes para a implantação também do trem de hidrogênio em breve. Por aqui no Brasil, bem, por aqui, quem sabe, talvez em uma década...

 
A linha entre Minas e Espírito Santo (BH - Vitória) é uma das poucas que sobrevive mas voltou a era do trem

Trens fantasmas dum passado que pode voltar sustentável dentro duma nova realidade também por aqui

Barato, silencioso, não poluente, rápido...



(Confira a seguir na seção de comentários aqui no blog da ecologia e da cidadania mais dados, informações e mensagens sobre a volta dos trens ao futuro)





Em Itaquera já tem uma linha que poderia avançar demais a ecologia e a economia com o trem a hidrogênio



Fontes: Instituto de Engenharia – Conexão Planeta - 
              Sciense Alert -  folhaverdenews.blogspot.com


10 comentários:

  1. Mais silencioso e não poluente, o trem de volta ao futuro: até parece poesia, mas já é realidade, pelo menos na Alemanha agora em 2018. Temos que criar o futuro no Brasil, buscando informações no passado mas hoje com as novas tecnologias que avançam o desenvolvimento sustentável.



    ResponderExcluir
  2. "Apesar do investimento em trens elétricos, atualmente os cerca de 4 mil vagões de trem que circulam pela Alemanha são movidos a diesel, combustível fóssil bastante poluente (sua queima libera o CO2, polui o ambiente e causa doenças na população), sendo antiecológico e antieconômico": comentário traduzido e extraído de matéria no site Scinse Alert.

    ResponderExcluir
  3. "O investimento em tecnologia limpa é mais uma iniciativa para que a Alemanha atinja uma meta ambiciosa, estabelecida em 2011. O plano nacional alemão Energiewende (transição energética, em português) prevê que a emissão de gases de efeito estufa seja reduzida entre 80% e 95% nos próximos anos, as usinas nucleares sejam fechadas até 2022 e que, até 2050, 60% da energia produzida no país seja renovável": comentário também do site Sciense Alert, citado na matéria do Instituto de Engenharia aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  4. "No mundo todo hoje se buscam-se novas alternativas mais verdes e sustentáveis para o transporte público urbano ou entre cidades e estados ou regiões. Desde 2015 o metrô de Londres recicla a energia gerada pelos freios dos vagões. Já na Holanda, a partir deste ano, todos os trens deste país são movidos somente com energia eólica": comentário em Conexão Planeta.

    ResponderExcluir
  5. Logo mais, aqui nesta seção, mais comentários, venha conferir a nova edição, você pode colocar direto aqui a sua opinião ou informação, se preferir, mande a sua mensagem pro e-mail da redação do nosso blog navepad@netsite.com.br

    ResponderExcluir
  6. Vídeos, fotos, material de informação, sugestão de pauta, críticas ou mensagens, você pode mandar também o seu conteúdo direto por nosso editor padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. "O trem de volta ao futuro, que boa notícia que deveria nos estimular no Brasil a medidas governamentais ousadas e de tecnologia sustentável, a bem da economia, da ecologia, da saúde e também do bem estar do povo": comentário de Alberto Júnior, de São Paulo, economista que pretende fazer especialização na FGV sobre energias limpas.

    ResponderExcluir
  8. "O Coradia iLint da Alstom, é o primeiro trem de passageiros de célula de combustível a hidrogênio do mundo que recebeu aprovação da Agência Ferroviária Alemã (EBA) para o serviço de passageiros na Alemanha, com certeza, um avanço de tecnologia, ecologia e mobilidade urbana": comentário de Gerald Hörster, presidente da EBA, que confirmou o certificado de homologação no Ministério Federal de Transporte e Infraestrutura em Berlim.

    ResponderExcluir
  9. "Esse trem inovador é um forte sinal da mobilidade do futuro. O hidrogênio é uma verdadeira e eficiente alternativa de baixa-emissão para o diesel. Especialmente nas linhas secundárias, onde as linhas aéreas não são rentáveis ou ainda não estão disponíveis, estes trens são uma opção limpa e ecologicamente correta, por isso apoiamos e promovemos esta solução e esta tecnologia": comentário de Enak Ferlemann, representante autorizado do Governo Federal da Alemanha para o transporte ferroviário, em matéria neste tema do site de notícias da Alemanha, DW.

    ResponderExcluir
  10. "Por que não trazer este avanço para o Brasil, além do mais é mais econômico do que outras soluções, ajuda a ecologia, a saúde da população e a mobilidade, também poderia transportar e baratear mercadorias como alimentos do interior": comentário de Esdras Brito, de Cuiabá, Mato Grosso, que é jornalista e historiador pela UFMT.

    ResponderExcluir

Translation

translation