sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

GAROTO ONÇA SE TRANSFORMA NO TARZAN DAS REDES SOCIAIS: NESTA ÉPOCA DE VIOLÊNCIA TAMBÉM CONTRA OS ANIMAIS FATOS ASSIM PODEM MOSTRAR A ECOLOGIA DA NATUREZA E QUE PODEMOS SER HUMANOS

Tiago Jácomo Silveira, 12 anos, filho de pai e mãe biólogos que levam à frente em Goiás o IOP (Instituto Onça Pintada) é manchete mundial na BBC pela sua convivência amiga desde bebê om felinos e outros bichos ameaçados de extinção na fauna nativa do Brasil. Confira aqui agora outras amizades entre bichos e pessoas, algo que parece montagem ou fake news e até impossível diante da violência da atualidade dos chamados seres humanos



O garoto Tarzan de Goiás com a sua Onça amiga de verdade


A gente recebeu por e-mail a informação de Vinicius Lemos de Cuiabá, que fez reportagem bomba para a BBC News sobre este garoto, filho de Leandro Silveira e de Anah Tereza Jácomo, os dois pesquisadores em Biologia e ecologistas goianos, hoje destacados também no site Terra e aqui no blog da ecologia e da cidadania Folha Verde News, que relaciona esta situação com a do casal Damião e Vitória, também ambientalistas, mas que fazem um trabalho de boa relação com animais selvagens no Parque Kent, no Gabão. E além deles, relacionamos aqui antigos moradores do Santuário do Caraça que convivem com Lobos Guará no antigo seminário abandonado em Minas Gerais (onde aliás estudou quando garoto Chico Buarque). A gente cita aqui também José Moreno no Vale do Bom Jesus (Pedregulho, SP), bem como também nos lembramos dum tratador e um dos donos do internacional Circo Roma, que na fazenda desta empresa no interior paulista, vive em harmonia com Tigres. Anos atrás, pude fazer matéria com ele e até me aproximei dum tigre que ao cheirar minhas pernas, me fez cair no chão de susto. O David Radesca fotografou o encontro mas a imagem se perdeu nos arquivos do exDiário da Franca. Mas o que importa nesta postagem é falar sobre a relação que pode ser maravilha entre o homem e os animais ao invés da violência que tem sido hoje em dia, por aqui e por todo o planeta, onde o chamado ser humano na prática vem sendo o animal mais violento da Terra. 


Tiago Jácomo Silveira na maior amizade com os bichos num oásis da natureza em Goiás


Um garoto acompanhado de duas onças-pintadas em uma lagoa. Esta imagem roda o mundo e bomba na web. Ele demonstra conforto com a situação e faz carinho em um dos felinos, enquanto o outro animal está com uma pata encostada no ombro esquerdo do Tiago Silveira. A cena, que causou estranheza nas redes sociais nas últimas horas, faz parte da rotina desta adolescente, que vivencia esta realidade exótica desde que ele era recém-nascido. Enquanto caçadores matam e exibem animais selvagens como troféus ou pecuaristas ou agricultores ou madeireiros matam adoidados bichos até de espécies raras na Amazônia, no Cerrado, até por aqui perto (por exemplo em matas de Capetinga ou na Serra da Canastra em Minas Gerais) esta imagem do garoto  convivendo em paz com a bicharada em Goiás está sendo compartilhada em páginas do Facebook e perfis do Instagram. E aqui entre nós, que amamos a vida, a não violência e vamos à luta pela ecologia, isso contradiz a violência do bicho homem, tantos os que destroem os habitats por aí nas últimas florestas, como os que agridem animais nas cidades ou até os que poluem ou fazer quaisquer tipos de agressão à nossa Mãe Natureza. 



Até nosso editor chegou a ficar lado a lado com uma fera destas numa reportagem sobre o Circo Roma

Moradores do Santuário do Caraça convivem de boa...
...com Lobos Guarás típicos desta região de Minas Gerais




Para o garoto Tiago, a repercussão da sua amizade com Onças foi uma surpresa, pois considera se tratar de uma situação comum em seu cotidiano. Mas ele compreende porque muitas pessoas se surpreendem com o fato de ele conviver em paz com Onças-Pintadas e outros bichos. "Eu tenho alguns amigos que não acreditam nisso, acham que é fake. Mas a maioria dos meus conhecidos acha isso muito legal e tem vontade de conhecer estes animais. Eu acho muito bom poder levar um pouquinho dessa experiência de vida que tenho para outras pessoas que não tiveram a mesma sorte que eu". Além do pai do garoto, Leandro Silveira, a mãe, Anah Tereza Jácomo, de 49 anos, também é bióloga e os dois coordenam o Instituto Onça-Pintada (IOP), que tem o objetivo de preservar e estudar o maior felino das Américas: "O meu filho nasceu em um ambiente com Onças-Pintadas. Então, ele convive bem com elas desde a infância e sabe como lidar. Logicamente, a gente o instrui e impõe limites, mas hoje ele já sabe o que fazer ou não. É uma questão muito natural para ele e a gente fica feliz com essa vivência rara", comenta o biólogo e ecologista Leandro Silveira que acredita que quando o homem for realmente humano vai conviver bem com os animais nas matas e até nas cidades, será tipo um reino de Deus e da natureza na Terra...  


Ecologistas convivem também bem com Gorilas...

...no seu habitat em floresta do Gabão

Aqui a galera toda do IOP em Goiás...


(Confira na seção de comentários outras informações sobre o Garoto Onça e este tema da hora, a relação de amizade entre animais e pessoas, algo que dimensiona como a nossa triste realidade de violência poderia ser feliz)




Esse garoto mostra que o homem pode ser humano e conviver em paz com os animais ou a natureza



Fontes: BBC - Terra - Fundação Aspernall

              folhaverdenews.com.br



8 comentários:

  1. Aguarde que logo mais estaremos postando aqui mais informações sobre esta pauta superecológica de hoje, aguarde e venha conferir comentários, mensagens e opiniões, OK?

    ResponderExcluir
  2. "Nossa espécie só vai crescer ou ser importante se pensar e agir não só como humanos mas considerando todas as formas de vida e se integrando com elas na vida": comentário que resume uma sabedoria milenar no Oriente.

    ResponderExcluir
  3. "Em uma publicação feita agora recentemente um usuário do Facebook compartilhou a imagem de Tiago com as onças. A fotografia teve mais de 2 mil compartilhamentos e 22 mil reações, sendo as mais comuns delas o "amei" e o "uau". Na postagem, não há explicação sobre a origem do registro. Nos comentários, alguns disseram tratar-se de montagem ou de fake news, enquanto outros elogiaram a coragem do jovem": comentário de Vinícius Lemos, que fez a reportagem para a BBC News e pro site Terra, jornalista que nos informou sobre esta maravilhosa notícia que foge à realidade comum.

    ResponderExcluir
  4. "Eu tenho alguns amigos que não acreditam nisso, acham que é fake. Mas a maioria dos meus conhecidos acha isso muito legal e tem vontade de conhecer as Onças. Eu acho muito bom poder levar um pouquinho dessa experiência de vida que tenho para outras pessoas que não tiveram a mesma sorte que eu": comentário de Tiago Jácomo Silveira, 12 anos, de Goiás, que gerou admiração nas emissões de rádio da BBC News.

    ResponderExcluir
  5. "Que maravilha esta situação para contrapor com a violência de hoje contra os animais nas matas ou nas cidades": comentário de Ronaldo Peres, de São Paulo, engenheiro eletrônico, que tem feito excursões fotográficas a habitat de Golfinhos no litoral sul e norte de São Paulo: "São os momentos mais felizes para mim".

    ResponderExcluir
  6. "Bastante interessante também o vídeo da TV Record, quase não vejo televisão e para mim é uma novidade a grande mídia enfocar esse tipo de tema positivo, porque em geral só tem baixaria e mediocridade": comentário de Regina Helena, cafeicultora, que relata já ter cruzado com alguns bichos na sua fazenda em Mato Grosso: "Eu não faço maldade nem deixo que façam mas fujo de qualquer contato, acho que assisti muitos filmes demais".

    ResponderExcluir
  7. "Eu me considero um garoto privilegiado por ter me relacionado com as Onças-Pintadas desde pequeno. Sempre foi uma relação de amor e respeito. Sempre gostei muito disso e sempre ajudei a cuidar dos animais. Sigo as instruções dos pais para lidar com os bichos. Eles me ensinaram que o medo e o respeito são sentimentos importantes e inteligentes. Porque quando você não tem medo e não respeita o animal, você não respeita o limite dele e, por isso, ele também acaba não te respeitando": comentário de Tiago Jácomo Silveira, 12 anos, que vive com o pai e a mãe biólogos em meio a animais no IOP em Goiás.

    ResponderExcluir
  8. "Menino índio": comentário de Gaspar Tsiari Watsere, líder da aldeia Namunkurá dos Xavantes do Mato Grosso, ele que informa ter se formado em História na UFMT e cuidar da educação para o seu povo.

    ResponderExcluir

Translation

translation