terça-feira, 18 de dezembro de 2018

JANEIRO COMEÇARÁ COM UM EXEMPLO DE EDUCAÇÃO HUMANITÁRIA COMO TAMBÉM DE CIÊNCIA AMBIENTAL E DE VIDA: DRª JOANA D’ARC FÉLIX DE SOUSA DE FRANCA PARA O MUNDO ÍCONE DA PESQUISA BRASILEIRA AO LADO DE CIENTISTA DA NASA

Campus Party Brasil maior evento de tecnologia anuncia a Química com mais de 70 prêmios internacionais e 15 patentes como a nova palestrante magistral confirmada na 12ª edição deste acontecimento mundial


Drª Joana de Franca para o mundo através da pesquisa


Ivair Contijo do interior de Minas para a NASA


Campus Party Brasil a nova geração da tecnologia


A pesquisadora, vencedora também do Prêmio Kurt Politzer de Tecnologia, está confirmada na edição nacional deste evento planetário de tecnologia, que ocorrerá entre 12 e 17 de fevereiro, no Expo Center Norte, em São Paulo. Desta vez a 
Campus Party Brasil, maior imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo, acaba de confirmar agora mais um palestrante magistral para o evento, para a alegria de todos seus conterrâneos de Franca (SP), é a Joana D’Arc Felix de Sousa que estará lá como destaque e como uma das pesquisadoras brasileiras mais premiadas internacionalmente, com uma trajetória marcada por muita luta contra a miséria e o preconceito ou os limites culturais do nosso país. Ela hoje se dedica integralmente a ensinar jovens na Escola Agrícola da Fundação Paula Sousa, estudantes que, como ela, passam por dificuldades como as que ela enfrentou. De família pobre e afrobrasileira no interior de São Paulo, a professora de Química estudou em apostilas emprestadas e, muitas vezes, dormiu com fome quando morava em Campinas, onde fez graduação, doutorado e mestrado na Unicamp. De lá, partiu para os Estados Unidos, onde concluiu o pós-doutorado na Universidade de Harvard, ali onde havia vencido quando ainda muito jovem um prêmio internacional de tratamento de efluentes de curtumes. Pelo grande valor ambiental desta sua pesquisa, o editor deste blog de ecologia e de cidadania Folha Verde News, Antônio de Pádua Silva Padinha foi o primeiro repórter a entrevistá-la no Brasil e desde então se tornaram amigos na cidade natal de ambos, Franca, a capital do basquete...e da cientista Drª Joana, atualmente, celebridade no país. Uma das poucas, com mérito cultural para esta posição. 



Antes da Campus Party Drª Joana brilhou muito no Museu do Futuro


Ganhadora de mais de 70 prêmios internacionais na carreira, com destaque para o prêmio Kurt Politzer de Tecnologia de “Pesquisadora do Ano”, em 2014, Joana é, desde 2004, docente e pesquisadora na Escola Técnica Estadual (ETEC) Prof. Carmelino Corrêa Júnior, em Franca, cidade do interior de São Paulo. Lá ela faz pesquisa de ponta com alunos do ensino médio e, sempre em parceria com os estudantes, já registrou 15 patentes nacionais e internacionais. Seus inventos são feitos a partir de resíduos de curtume, processo que transforma pele em couro. Entre as suas inovações estão cimento ósseo para reconstituir fraturas; colágeno para o tratamento de osteoporose e osteoartrite; sapatos com antimicrobianos para combater micoses e rachaduras no pé; pele humana artificial para transplante utilizando sobras de pele suína; cinco fertilizantes; e até um sistema de filtragem de água aproveitando escamas de peixe.


"Temos que apoiar os melhores alunos mas também os piores que de repente podem descobrir um caminho novo na vida" (Joana D'Arc Félix de Sousa, uma educadora humanitária).



Nas suas pesquisas de ciência ambiental e também...


...como educadora Drª Joana D'Arc é vanguarda


Com cerca de mil horas de programação, a #CPBR12 também já tem confirmada a presença do brasileiro que trabalha na NASA, Ivair Gontijo. Diretamente ligado às missões de exploração à Marte, o físico mineiro participou dos projetos que levaram o veículo Curiosity ao planeta e é autor do livro A Caminho de Marte: A incrível jornada de um cientista brasileiro até a NASA. No evento, ele contará sua trajetória, que hoje tem papel importante na maior empresa de engenharia espacial do mundo.




A CPBR12 é o endereço do nosso futuro


Ivair Gontijo que está na CP2019 é físico brasileiro, nasceu em Moema, centro-oeste de Minas Gerais, na década de 80 foi aluno do professor Renato Las Casas na UFMG. Atualmente ele trabalha na NASA com engenharia de sistemas e, desde 2006, vem desenvolvendo projetos, sendo que um deles foi a criação e a fabricação do radar do Jipe Robô “Curiosity”; enviado a Marte. Vale lembrar que Ivair Contijo viveu em Moema até os 16 anos, depois, juntamente com sua família, se mudou pra Divinópolis. Estudante de escola pública, ele sempre se interessou pelas ciências exatas, como matemática e física, se dedicando muito e lendo livros que abordavam o assunto.  Até a 8ª série estudou em Moema e, curiosamente, teve uma formação inicial bem diferente do trabalho que desempenha hoje, ele é técnico Agrícola formado no Colégio Agrícola de Bambuí - MG. Chegou a exercer a profissão durante três anos, mas mesmo durante essa época já pensava em fazer um curso ligado a ciências exatas. E desde então ele já se empolgava tanto com as ciências exatas, vindo a se formar depois em Física e em Engenharia Elétrica. Com modéstia, o cientista comentou que foi por acaso que foi trabalhar na NASA. Segundo ele, seus planejamentos mais concretos não foram os que o levaram a trabalhar nessa importante agencia espacial e sim as pequenas oportunidades que ele, preparado, soube aproveitar. Chegou a mandar seu currículo para a mesma NASA dez vezes, sem sucesso. Até que um dia, no trabalho, recebeu um telefonema para uma entrevista no Jet Propulsion Laboratory (JPL ou JET) na agência espacial americana e com certeza aproveitou a oportunidade grande que lhe apareceu, sendo hoje um cientista de ponta  do Brasil e da NASA.


"Não podemos desanimar na primeira nem na décima barreira que se coloca na nossa frente, temos que buscar forças no fundo da gente mesmo, em nossas crenças e nossos ideais" (Ivair Contijo, que saiu do interior de Minas para vir a ser hoje importante pesquisador da principal agência espacial do planeta).




Assim como Drª Joana, Ivair Contijo saiu do interior do Brasil para a vanguarda da ciência na atualidade



“Estamos muito animados para essa décima segunda edição. No Expo Center Norte, teremos a possibilidade de ampliar a capacidade do evento e nossa expectativa é receber cerca de 12 mil campuseiros e mais de 120 mil pessoas na Open Campus – gratuita e aberta ao público. Para isso, já estamos planejando uma série de novidades que, certamente, irão de encontro ao interesse de públicos de todas as idades”, explica Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party Brasil. 



Os dois cientistas do interior serão em 2019 atrações da Campus Party 


(Confira na seção de comentários do blog da gente mais detalhes sobre os dois cientistas que participarão da Campus Party Brasil em janeiro de 2019 em São Paulo, bem como alguns lances da programação deste evento, OK?)



Quem mora nesse acampamento pode acordar o futuro



Fontes: Campus Party Brasil - Expo Center Norte
               folhaverdenews.com.br

9 comentários:


  1. Campus Party Brasil – 12ª edição

    Arena: de 12 a 17 de fevereiro

    Open Campus: de 13 de a 16 de fevereiro

    Local: Expo Center Norte

    Sobre a Campus Party

    A Campus Party é a maior experiência tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo. O evento conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados em todo mundo, e já produziu edições em países como Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia e Equador. O evento está presente no Brasil há dez anos. Agora, com a nova atração de dois talentos da ciência contemporânea made in Brazil.

    ResponderExcluir
  2. "Pósdoutorada em Química na Universidade de Harvard, vinda da Unicamp e de família de negros imigrantes da África, de Franca (SP) Drª Joana é um exemplo extraordinário de superação das condições brasileiras na área cultural e educacional, graças também à sua força de luta, também, acredito, numa proteção de Deus a seu trabalho fora do comum e positivo demais": comentário de Antônio de Pádua Silva Padinha, ecologista e conterrâneo da cientista, ele que é o editor deste blog Folha Verde News.

    ResponderExcluir
  3. "Ivair Contijo viveu em Moema até os 16 anos, depois, juntamente com sua família, se mudou pra Divinópolis, também no interior mineiro. Na sua graduação ele sempre foi um estudante bem informado demonstrando que sabia o que queria. Isso fez com que tivesse a ajuda de excelentes professores durante sua formação acadêmica. Hoje Ivair é funcionário do JET, nos States, onde trabalham cerca de cinco mil pessoas. Os laboratórios do JPL ficam na Califórnia, aos pés de uma montanha, um lugar extremamente quente, chegando às vezes a temperatura de 42° Celsius. Apesar do forte calor, a área do JPL é muito bonita, com floresta próxima, e nesse contexto nosso cientista curte a presença de alguns animaizinhos. ele se liga na natureza. Ivair nos contou que é freqüente encontrar veados, onças, lobos entre outros animais pela região onde atua para a NASA": comentário de Renato Las Casas, Físico e seu professor na UFMG.

    ResponderExcluir
  4. Logo mais, mais comentários, aguarde nossa próxima edição e venha conferir, também muitos detalhes sobre a programação da Campus Party que já começamos a receber. Aguarde e venha depois conferir aqui nesta seção.

    ResponderExcluir
  5. Você pode por aqui a sua opinião, se preferir ou precisar, envie sua mensagem para a redação do blog que aí postamos para você, mande para navepad@netsite.coim.br

    ResponderExcluir
  6. Vídeos, fotos, material de informação sobre estes dois cientistas, sobre a Campus Party, sobre tecnologia, você pode também mandar direto pro e-mail do nosso editor de conteúdo deste blog padinhafranca603@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. "Vale destacar mais alguma coisa. A área aberta e gratuita da Campus Party funcionará das 10h às 20h a partir de quarta-feira, 13 de fevereiro. No sábado (16), ficará aberta das 10h às 16h. O espaço reunirá o Educação do Futuro, as áreas de empreendedorismo – Startup & Makers e Campus Future – o espaço Fazedores, a arena de Drones com workshops, campeonatos, batalhas e demonstrações do equipamento, além de diversas outras atrações que serão anunciadas até o evento. Uma grande novidade do espaço será o Desafio Fórmula 1, um campeonato de minicarros de Fórmula 1, movidos a CO². O projeto é idealizado pela própria F1, visando estimular disciplinas de exatas nas escolas e aumentar o interesse de alunos entre 12 e 19 anos. A competição leva ao campeonato mundial da categoria, disputado na Europa. Os veículos utilizados são criados pelos próprios jovens pesquisadores participantes": comentário de Júlio Abreu Silva, do Expo Center Norte.

    ResponderExcluir
  8. "Estes dois cientistas brasileiros vão valorizar muito a Campus Party 2019, mostrando para os jovens um caminho difícil ,mas possível de profissionalização e de avanço cultural": comentário de Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party Brasil.

    ResponderExcluir
  9. Nos temos muitos talentos fora desta ordem pre-estalelecida,que com certeza bem lapidados, serao muito importantes para o desenvolvimento desta Nação.

    ResponderExcluir

Translation

translation